O problema da Igreja Moderna



Em 1517 aconteceu a REFORMA PROTESTANTE DE LUTERO. De lá para cá, passaram-se muitos anos e muitas verdades foram esquecidas e deixadas de lado por aqueles que outrora tinham orgulho de serem chamados de “protestantes”.

Na verdade, até mesmo esse título já não é mais adequado à igreja evangélica moderna. Protestamos contra o quê? Contra as verdades bíblicas de que o pastor não é o Sumo-Sacerdote e que ele não faz mediação entre nós e o nosso Deus? Protestamos contra o fato de muitos cristãos serem pobres ou deveríamos protestar contra a exibição de riquezas de pastores que compram jatinhos particulares de 20 milhões de reais? Protestamos contra os abusos da Igreja Católica, contra as Indulgências, mas deveríamos protestar também contra as deturpações do Evangelho puro de Jesus Cristo. Deveríamos protestar contra a idéia de que somente os ricos são abençoados por Deus.

Deveríamos protestar contra os discipuladores que criam discípulos para si, em vez de os formarem para Deus. Deveríamos protestar contra os pastores que se colocam entre nós e o nosso Deus, fazendo uso das primícias sacerdotais para justificar suas riquezas exorbitantes.

Deveríamos protestar quando alguns pastores têm 10 carros de luxo na garagem de casa e a maioria da população brasileira vive na mais completa miséria. Deveríamos protestar quando pregamos amor e vivemos capitalismo selvagem, quando falamos de Paz e vemos a guerra instaurada no Altar de Cristo.

A Igreja deveria ser um lugar de adoração e de comunhão, mas se transformou no lugar de disputa para ver quem tem mais prestígio e poder. Fala-se muito em amor, vive-se pouco a Palavra, porque não vivemos o amor. Grita-se, gesticula-se, esbraveja-se e prega-se muito pouco.

As pessoas deveriam conhecer a Bíblia, mas sabem mais da nova novela das nove do que das verdades dos evangelhos. Os pastores de hoje se preocupam mais em promover eventos do quem promover cultos de adoração. O Culto racional de Romanos se transformou no culto emocional, onde lavamos a nossa alma em lágrimas com frases-feitas muito bonitas, mas quando saímos da igreja sequer sabemos em que parte da Bíblia a mensagem ministrada se encontra.

Enquanto escrevo, tenho a seguinte certeza: Jesus está voltando. O diabo está enganando muito com suas espertas ciladas e precisamos estar atentos. Precisamos tomar cuidado para não valorizarmos mais as ofertas, os dízimos, o show do que a Palavra de Deus. Precisamos tomar cuidado para entendermos que se a nossa igreja cresce não é porque o nosso pastor é “o cara”, mas porque aprouve a Deus fazer assim. A obra é de Deus, logo, toda a glória tem de voltar para ele.

Do exposto, pode-se imaginar que estou sendo cruel. Eu sei que existem igrejas sérias, pastores sérios, homem que realmente estão preocupados com a Palavra de Deus (o meu pastor é um exemplo), mas existem verdadeiros picaretas do evangelho por aí. Homens inescrupulosos e aproveitadores das fraquezas dos outros para manipularem suas mentes.

Contudo, algo é certo: Não ficarão impunes, porque Deus não permite que dele escarneçam.

Por Anderson Cruz.

Fonte/Segredos da Liderança

Via/ Portal do Pastor


uCompraruuuuCompraruuuuComprar
ooooo oooooooooooooooooooooooo ooo
Você gostou deste artigo? Compartilhe:

TwitterDeliciousFacebookDiggStumbleuponFavoritesMore

Reações:

1 comentários:

Segredos de Liderança disse...

Olá, Alex, nova postagem no blog www.servolider.blogspot.com "CONHECENDO A BÍBLIA: O LIVRO DE GÊNESIS".

Postar um comentário

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Premium Wordpress Themes