O que é um avatar?



O que é um avatar?

Por causa do filme Avatar, de James Cameron, e seu sucesso de bilheteria no Brasil e no mundo, muitos internautas estão me escrevendo para perguntar a respeito do significado do termo que dá nome ao filme. E alguns querem também uma refutação do que é apresentado nessa obra ficcional que encanta por causa dos efeitos do cinema 3D.

Não vou assistir ao filme para fazer uma análise, tampouco me interessei pelo seu enredo. No entanto, a fim de atender aos irmãos que desejam saber o significado do termo “avatar” e em que contexto ele é empregado, resolvi citar um trecho do meu livro Perguntas Intrigantes que os Jovens Costumam Fazer, editado pela CPAD, no qual há um capítulo sobre a Nova Era. Aliás, nesse livro, há várias informações sobre religiões e seitas. Para conhecê-lo, visite a seção Livros e DVDs (comprar).

O texto abaixo, entre aspas, é uma citação do aludido livro, com o objetivo de definir o termo “avatar”. Não faço uma análise do filme Avatar, pois a minha obra foi lançada pela CPAD em 2003 (é por isso que o texto não está de acordo com a reforma ortográfica, que entrou em vigor em janeiro de 2009). E, como já há na grande rede inúmeras abordagens a respeito do filme (umas coerentes, outras com argumentos “forçados”, por assim dizer), a minha contribuição será apenas esta, o que, de certa forma, mostra que o filme tem sim como objetivo incutir na mente das pessoas os conceitos aquarianos.

“Muitos são os títulos que identificam o movimento [Nova Era]: New Age, Era de Aquário, Nova Ordem Mundial, Nova Consciência etc. Era de Aquário se refere a um período em que a humanidade entrará em uma fase adiantada de consciência espiritual. Tal título tem origem em um segmento da astrologia que apresenta quatro eras com a presença marcante de um avatar.

Avatar é alguém que atingiu o nirvana, iluminação após sucessivas reencarnações, e decidiu voltar ao mundo para ajudar as pessoas a aperfeiçoarem o espírito. A palavra nirvana, embora indique iluminação, significa “apagar”, uma referência ao fato de que todos os desejos se extinguem quando se atinge esse estágio final.

Cada era está relacionada com um povo e tem a duração de 2.150 anos. Os egípcios se destacaram na pecuária e tinham os bovinos como deuses. Daí a primeira era ser Touro, cujo avatar não é definido claramente nos estudos aquarianos. A transição para a Era de Carneiro foi a saída do povo de Israel do Egito. O povo predominante desta era, por conseguinte, são os judeus, que cuidavam de ovelhas.

O avatar da Era de Peixes, segundo os aquarianos (seguidores da Nova Era), é Jesus Cristo, tendo como povo predominante os cristãos. Esse título foi dado ao período em razão de o peixe ser o primitivo símbolo do Cristianismo. As letras da palavra ichtus (“peixe”, em grego) foram usadas pelos cristãos para criar o acróstico: “Iésous Christos Theou Uios Sõter”. Ou seja: “Jesus Cristo, Filho de Deus, Salvador”.

Acompanhando a seqüência cronológica estabelecida, a Era de Aquário começaria somente em 2.146, mas alguns aquarianos dizem que a humanidade já vive esta era, enquanto outros dizem que chegará a qualquer momento, trazida pelo seu avatar, o Maitréia, acerca do qual falaremos mais adiante. (...)

A Nova Era é, portanto, uma espécie de corrente de pensamento em que convivem diversas idéias, crenças, filosofias e práticas esotéricas. Não se trata de uma seita, mas de uma forma de pensar que tem como base a idéias do fim da Era Cristã (Peixes), para a instituição da Era de Aquário”.

Acrescento, ainda, que o sincrético movimento Nova Era toma emprestado do budismo e do hinduísmo o conceito de avatar. No hinduísmo, o termo está relacionado com a descida de seres “divinos” à terra, em forma materializada. Eles são cultuados pelos hindus, como Krishna e Rama, avatares do deus Vixnu. Segundo o hinduísmo, ainda, os avatares podem assumir a forma humana ou a de um animal, o que foi explorado por James Cameron, no filme Avatar.

Em Cristo,

Ciro Sanches Zibordi


http://cirozibordi.blogspot.com/

O Que Estão Fazendo Com A Minha Igreja
O autor faz uma análise profunda e detalhada desta crise. Os capítulos foram divididos em blocos temáticos, nos quais ele define e discorre sobre as diversas linhas teológicas que se verificam no Brasil, inclusive as mais tradicionais.
Comprar

Você gostou deste artigo? Compartilhe:

TwitterDeliciousFacebookDiggStumbleuponFavoritesMore

Reações:

1 comentários:

Missionário Anderson disse...

Muito interessante. É como diz na palavra de Deus em Eclesiastes; "tudo tem o seu propósito".

Admiro a curiosidade das pessoas que querem saber o porquê e o significado das coisas!

Postar um comentário

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Premium Wordpress Themes