Olustrações sobre Dinheiro

Dinheiro

O Jovem E O Sábio

Certa vez um jovem foi a um homem sábio, pedir conselhos. O homem sábio disse que só queria saber uma coisa.

Ele propôs uma situação imaginária. Ele disse - “Imagine que você nunca seria pego e ninguém seria machucado. Ninguém perderia nada. Se estas circunstâncias fossem garantidas, você mentiria por $10,000 dólares?”

O jovem pensou um pouco e respondeu. “Sim, por $10,000 e ninguém saberia e ninguém seria machucado. Eu mentiria.” O sábio balançou a cabeça e disse. “Tenho outra pergunta. Você mentiria por dez centavos?”

Furioso, o jovem indagou “Que tipo de pessoa você acha que eu sou?”

O sábio respondeu. “Eu já sei que tipo de pessoa você é. Estou apenas tentando estabelecer seu preço.”

Do jornal - Does God Exist? (Será que Deus Exist?) July/Aug 96, pp. 22-3 http://www.doesgodexist.org

Ofertando da Substância

A alegria de ofertar sacrificialmente é um dos valores perdidos no meio da prosperidade. Eu freqüentemente vi meus pais dando além daquilo que era confortável para eles. E, não sei com quanta freqüência meus filhos me vêem contribuindo de forma sacrifical ao Reino de Deus. Provérbios 3:9 nos ensina a honrar o Senhor com os nossos bens, com a substância daquilo que possuímos. Normalmente, ofertamos da sobra, mas ele deseja da substância. Há uma diferença.

- Larry L. Kiser em Fundamentalist Journal (March 1989) ("Jornal Fundamentalista"). Christianity Today, Vol. 33, no. 8.

Os forasteiros e as pedrinhas

Certa vez, um grupo de forasteiros, viajando no mato se deitaram para dormir. De repente, eles viram no céu uma grande luz.

Se recuperando do susto, eles perceberam que estavam na presença de um ser celestial. Com muita expectativa, eles esperaram uma mensagem divina. Eles esperaram que um anjo ou até Deus mesmo falasse com eles.

Finalmente, uma voz falou: “Junte tantas pedrinhas quanto puder. Coloque-as nas suas malas. Viaje por mais um dia e amanhã a noite vocês se encontrarão felizes e tristes.”

Depois que a luz desapareceu, os forasteiros reclamaram entre si. Eles ficaram desapontados e alguns até com raiva. Eles haviam esperado uma grande revelação, algo que talvez daria a eles condições de riqueza ou saúde ou uma mensagem que daria um futuro melhor para a humanidade.

Ao em vez disso, eles receberam uma tarefa chata, sem o menor sentido.

Contudo, a memória do brilho da visita levou cada um a pegar algumas pedrinhas e colocar na sua mala, em meio as reclamações.

Eles viajaram por mais um dia. Aquela noite, enquanto se prepararam seu acampamento eles abriram suas malas e descobriram que cada pedrinha havia virado um diamante. Eles ficaram felizes que tinham os diamantes. Mas, também eles ficaram tristes, que não levaram mais pedrinhas.

Jesus disse: “Onde estiver o seu tesouro, aí também estará o seu coração.”

Uma boa maneira de medir o lugar verdadeiro do nosso tesouro é essa:
“O Senhor mede o que nós damos, não por aquilo que nós entregamos a ele, mas por aquilo que guardamos para nós.”
- Na sua vida, irmão, aonde está o tesouro maior?

Mat 7:13-14; Mark 12:41-44

Adaptado de “A Second Helping of Chicken Soup for the Soul”, Canfield and Hansen, pp. 191-2

O homem e o mendigo

Certa vez um homem encontrou um mendigo pedindo esmola. O homem estava se sentindo generoso e ele deu R$5.00 Reais ou mendigo. O mendigo ficou muito alegre e grato. Ele agradeceu várias vezes o homem. Um pouco mais adiante o homem se sentiu movido a dar mais ainda ao mendigo. Então, ele voltou e chamou o mendigo. Ele pediu ao mendigo que ele o devolvesse os R$5.00 Reais. O mendigo ficou perplexo. Ele perguntou por que. O homem só pediu que o mendigo o devolvesse os cinco Reais porque precisava. Transtornado, mas, sabendo que foi o mesmo senhor que havia o dado, o mendigo devolveu o dinheiro. Aí, o senhor trocou a nota de cinco reais por uma de vinte e deu ao mendigo. Com isso o mendigo havia trocado cinco reais por vinte.

"Se você não tivesse confiado em mim," disse o senhor, "eu não ia lhe dar o resto."

Será que às vezes ficamos desconfiados do Senhor, assim? Será que há situações em que Ele quer nos dar mais, mas a gente, por não confiar nEle, perdemos uma grande benção?
- Autor desconhecido

O jovem e a vidente

Uma vidente estudou a mão de um jovem e disse "Você será pobre e muito infeliz até que você tenha trinta e sete anos."
O jovem perguntou "Depois disso o que vai acontecer? Eu ficarei rico e feliz?"
"Não" respondeu a vidente "Você ainda será pobre, mas, você vai se acostumar à pobreza."
--James S. Hewett, Illustrations Unlimited (Wheaton: Tyndale House Publishers, Inc, 1988) p. 16.

Algumas observações:

- Quando uma pessoa com experiência encontra outra pessoa com dinheiro, a pessoa com experiência ficará com o dinheiro e a pessoa com o dinheiro ficará com uma experiência.

- Um orçamento é um documento teológico. Ele indica quem ou o que você adora.

- Somos informados que o dinheiro não compra a felicidade. Mas, ainda tem muitas pessoas que gostariam de testar a veracidade desse ditado por conta própria.

- Muitas pessoas descobriram que o dinheiro não compra a felicidade. Agora eles estão tentando o cartão de crédito.

- A meta de muitas famílias hoje é de ganhar o quanto já estão gastando.
--James S. Hewett, Illustrations Unlimited (Wheaton: Tyndale House Publishers, Inc, 1988), pp. 369-75.
fonte/http://www.hermeneutica.com/


rrffffComprefffff ffr Compre 666666Compre
Você gostou deste artigo? Compartilhe:

TwitterDeliciousFacebookDiggStumbleuponFavoritesMore

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Premium Wordpress Themes